Fluxo da Saúde no período de pandemia

Fluxo da Saúde no período de pandemia

Conforme explicado pela Dra. Vera, por recomendação do Ministério da Saúde as cirurgias e consultas eletivas estão suspensas até maio quando ocorrerá nova resolução. Só devem se manter algumas especialidades consideradas sem condições de paralisação, tais como:

– pré-natal, que está sendo feito nas UBS e na Policlínica de Manguinhos;

– gestação de risco, para laqueaduras;

– cardiologia, para pacientes que necessitarem de atendimento ou que saírem de alta direcionada do hospital; 

– psiquiatria, na Policlínica e no CAPS;

– pediatria, somente para pacientes de área de sombra, os demais devem ir as UBS;

– ortopedia.

Este quadro é de livre demanda para pacientes referenciados. Os demais médicos estão exercendo sua especialidade somada ao protocolo COVID-19, em turnos divididos entre as Policlínicas de Manguinhos e Vila Verde, além da UBS da Brava.

Todos os médicos estão fazendo triagem da síndrome gripal e atendendo aos pacientes que lhe são direcionados por escrito, médico a médico.

Em relação aos exames complementares, os prestadores de serviço reduziram muito suas vagas, uma vez que muitos de seus funcionários têm recomendação de ficar em casa. Com isto, alguns pararam completamente e outros reduziram em 30 a 40% seu número de vagas. Em outros casos, os próprios pacientes não compareciam, por se tratar de pacientes do grupo de risco que devem permanecer em casa.

Caso o protocolo seja mudado, ela acredita firmemente que os governantes mudem os comandos dados à equipe de saúde de Búzios.

Comentários do Facebook
FECHAR ACESSIBIILIDADE