Ação conjunta entre Prefeitura e população pode manter Búzios livre do Aedes aegypti

O município mantém baixos índices de proliferação do mosquito e de casos de doenças relacionadas, mas é preciso manter os hábitos de prevenção  

Importante reforçar que o aumento da temperatura e das chuvas favorecem a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, Zika e Chikungunya. Por isso, a Prefeitura de Búzios, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, alerta a população sobre a importância de tomar medidas de prevenção e evitar a propagação da doença.

Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde, Búzios registrou um baixo índice de casos de dengue este ano, mas é importante a colaboração de todos para a prevenção e o combate ao mosquito transmissor.

Para evitar a proliferação do Aedes aegypti, é fundamental que a população adote medidas simples, como não deixar água parada em recipientes, tampar caixas d’água, manter as piscinas sempre limpas, colocar areia nos pratos de vasos de plantas, entre outras. Além disso, é importante que a população se mobilize e denuncie possíveis focos do mosquito nas proximidades de suas residências.

“A prevenção e o combate à dengue são responsabilidades de todos. Vamos juntos trabalhar para evitar a proliferação do mosquito transmissor e garantir a saúde de nossa cidade.”, reforça o secretário de Saúde, Leonidas Heringer.

A Secretaria de Saúde também reforça a importância de estar atento aos sintomas da dengue, como febre alta, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores musculares e nas articulações, além de manchas vermelhas pelo corpo. Caso algum desses sintomas seja identificado, é fundamental buscar atendimento médico imediatamente.

Sua Solicitação foi enviada com sucesso!

Sua conta foi criada com sucesso