Búzios busca atender exigências da Marinha para qualificação técnica de condutores de escunas

Búzios busca atender exigências da Marinha para qualificação técnica de condutores de escunas

Por determinação da Marinha, embarcações acima de 50B de arqueação bruta, só podem ser conduzidas por pessoas com qualificação técnica de Marinheiro. Em Búzios esta norma atinge algumas escunas, o que obriga sua tripulação a se adequar para continuar trabalhando no setor. Em contato com a Marinha, a Prefeitura de Búzios por meio de sua Secretaria do Mar, Ordenamento Náutico e Pesca, busca o entendimento para que os condutores tenham tempo hábil e condições de se qualificar para continuarem a exercer suas funções.  

– Estamos tratando com a Marinha para que seja dado um prazo para esta qualificação acontecer.  Assim podemos ajudar buscando oferecer o curso de Marinheiro para os condutores de escunas. Mas também trabalhamos a ideia de uma mudança na norma, que permita que estes condutores continuem navegando da forma como acontece hoje, pois estes profissionais não conduzem a embarcação para o mar aberto. Eles realizam uma navegação interior, interna, ao longo da orla, e nunca registramos situações de risco ou acidentes – explica o secretário José Luiz Serafim.

O curso de Marinheiro e Moço é oferecido pela Capitania dos Portos ou por agente credenciado pela Marinha. A Prefeitura de Búzios estuda a melhor forma para ajudar a trazer esta qualificação técnica aos interessados. As escunas continuam operando normalmente.

FECHAR ACESSIBIILIDADE