Árvores da Azeda e Azedinha afetadas pelos fortes ventos e marés altas, sofrem intervenção da Prefeitura de Búzios

As árvores das praias Azeda e Azedinha afetadas nas estruturas pelos ventos fortes e marés altas provocadas pelo ciclone subtropical Yakecane, no início do mês de maio, com risco de queda e consequentemente causar acidentes, após análise dos técnicos da Secretaria do Ambiente, Pesca e Urbanismo, não precisará ser cortada.

Nesta segunda-feira (30) as secretarias do Ambiente, Pesca e Urbanismo e Segurança e Ordem Pública, por meio da coordenadoria da Defesa Civil, e o Corpo de Bombeiro do município realizaram a poda da árvore em risco na praia da Azeda. Na quarta-feira (01), será a vez da árvore da Azedinha.

De acordo com os técnicos responsáveis, não foi preciso cortar as árvores. A poda dos galhos que oferecem risco será suficiente para manter a estrutura das mesmas.

Sua Solicitação foi enviada com sucesso!

Sua conta foi criada com sucesso