Agentes de endemias de Búzios orientam população sobre o perigo da leptospirose

A doença é ocasionada especialmente pela urina de roedores e tem risco de contaminação aumentada com alagamentos

A população dos bairros de Búzios está recebendo a visita dos agentes de endemias da Prefeitura que estão orientando a população, realizando ações de controle e prevenção à leptospirose. A doença é causada pela bactéria leptospira, que usa alguns animais, principalmente roedores, como hospedeiros, e é transmitida para os seres humanos pela exposição direta ou indireta a urina desses animais, comuns após contato prolongado com águas contaminadas.

Doença infecciosa febril aguda, a leptospirose pode se manifestar de forma branda, mas há pacientes que evoluem para formas graves com risco de morte.

A fase precoce dura aproximadamente de 3 a 7 dias e, geralmente, caracteriza-se pelo aparecimento repentino de febre, acompanhada de dor de cabeça, dor muscular ( principalmente na panturrilha), anorexia, náuseas e vômitos. Ao serem identificados qualquer um desses sintomas a orientação é para que os munícipes procurem imediatamente a Unidade Básica de Saúde (UBS) ou unidades de urgência do município.

Cuidados preventivos com a leptospirose

• Evitar o contato com água ou lama de enchentes ou esgoto. Impeça que crianças nadem ou brinquem nesses locais, que podem estar contaminados pela urina dos ratos.
• Após a água baixar, para retirar a lama e desinfetar o local proteja-se com botas e luvas de borracha, evitando assim o contato da pele com água e lama contaminadas. Sacos plásticos duplos também podem ser amarrados nas mãos e nos pés.
• Para desinfectar a área atingida pela lama ou água da enchente, lave pisos, paredes e bancadas com água sanitária, na proporção de 2 xícaras de chá (400ml) desse produto para um balde de 20 litros de água, deixando agir por 15 minutos.
• Tenha cuidado com os alimentos que tiveram contato com água de enchente. Alguns devem ser jogados fora, outros precisam de tratamento especial nestas situações.
• Mantenha os terrenos baldios e as margens de córregos limpos e capinados. Evite entulhos e acúmulo de objetos nos quintais e nas telhas.
• Limpe a caixa d’água regularmente.

Sua Solicitação foi enviada com sucesso!

Sua conta foi criada com sucesso