Secretaria de Saúde tira dúvidas da população sobre vacinação

Secretaria de Saúde tira dúvidas da população sobre vacinação

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A Secretaria de Saúde, pensando em esclarecer aos munícipes algumas dúvidas comuns sobre o início da vacinação contra o COVID-19, listou algumas perguntas com as devidas respostas, contribuindo assim com transparência e lisura nessa primeira fase da vacinação no município de Búzios.



PERGUNTAS E RESPOSTA VACINAÇÃO COVID-19

1- Sou profissional de saúde da rede privada do município como recebo a vacinação?

R: Todos os profissionais de saúde da rede privada, em âmbito municipal com estabelecimento Cadastrado, no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), estão sendo vacinados semanalmente.

2 – Sou profissional de saúde de outro município, como recebo a vacinação?

R: As vacinas estão chegando de forma fracionadas e voltadas a determinados públicos do município, caso seja residente de Armação dos Búzios, você será vacinado na sua faixa etária de idade, e não como profissional de saúde.

3 – Meu tio com 95 anos ainda não foi vacinado, mas minha tia com 90 anos já foi vacinada. Por que?

R: Possivelmente, sua tia foi vacinada primeiro, por que estava em determinado local, que faltavam pessoas para vacinar da faixa etária vigente, e para evitar o desperdício, ela foi vacinada. Lembrando que a vacina está vindo com ampolas de 10 doses e validade de 6 horas.

4- Eu estou fora desta fase de vacinação, como efetuo o meu cadastro?

R: Primeiramente na UBS do seu bairro.

5- Qual intervalo entre as doses das vacinas COVID-19?

R: Para a vacina Coronavac, é preconizado que a segunda dose seja administrada 21 dias após a primeira dose. Para a vacina Oxford-AstraZeneca este intervalo é de 3 meses. A unidade do bairro está monitorando este intervalo para que você não perca a segunda dose.

6- As novas variantes do SARS-CoV-2 são cobertas pelas vacinas?

R: Pelo conhecimento atual, é provável que sim, pois não deve ocorrer interferência da resposta vacinal com estas novas variantes que circulam. Entretanto, a vigilância epidemiológica atenta para se detectar novas mutações e realizar uma adequada avaliação.

7- Grávidas e puérperas poderão receber a vacina?

R: A segurança e eficácia das vacinas não foram avaliadas nestes grupos, no entanto estudos em animais não demonstraram risco de malformações. Para as mulheres pertencentes ao grupo de risco e nestas condições, a vacinação poderá ser realizada após avaliação cautelosa dos riscos e benefícios e com decisão compartilhada, entre a mulher e seu médico.

8- Já tive COVID-19, devo me vacinar? Qual o intervalo entre a doença e a vacinação?

R: Sim. A recomendação é vacinar, independente de ter sido infectado previamente, pois não se sabe quanto tempo dura a imunidade natural adquirida pela doença. Quem já teve COVID-19, portanto, deverá ser vacinado, desde que o início dos sintomas tenha ocorrido pelo menos
quatro semanas da vacinação.

9- Pessoas que usam remédios anticoagulantes, podem tomar a vacina?

R: Sim, embora também deva haver uma avaliação individual de cada caso, e os cuidados com o uso do gelo no local, antes e depois da aplicação.

10- Se eu estou com uma doença aguda e com febre, posso tomar a vacina?

R: Não. Na presença de febre nas últimas 24 horas está indicado o adiamento da vacinação até a resolução do quadro febril agudo.

11- Quais as vacinas para COVID-19 que estão atualmente disponíveis no município? Como estão chegando?

R: Temos disponível a vacina Astrazeneca e Coronavac. O recebimento das vacinas, esta ocorrendo de forma gradual.

12- A vacina é gratuita?

R: Sim, ela é disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), atendendo a ordem dos grupos prioritários. Por isso é importante ficar atento e não cair em golpes, pois não houve liberação de venda no Brasil.

13- Sou idoso, quando vou tomar a vacina?

R: O cronograma já foi definido, e está disponível no site da prefeitura no endereço eletrônico: https://buzios.rj.gov.br/

14- A vacina é recomendada para crianças e adolescentes?

R: Os testes clínicos das duas vacinas aprovadas até agora pela Anvisa não
contemplaram menores de 18 anos. Por isso, enquanto não houver estudos mais completos que incluam essa população, as crianças e adolescentes não estão no público-alvo que será imunizado.

15- Faço uso de medicamentos controlados, há alguma contraindicação para
tomar a vacina?

R: A vacina somente é contraindicada às pessoas que têm hipersensibilidade ao princípio ativo ou a qualquer um dos seus componentes, além daquelas que já apresentaram uma reação alérgica intensa confirmada ao tomar uma dose anterior de uma vacina contra a Covid-19.

16- Todo mundo é obrigado a se vacinar?

R: A vacinação é um pacto coletivo, que há décadas têm salvado milhões de pessoas de serem contagiadas e morrerem por doenças virais. Isso significa que quanto mais pessoas tomarem a vacina, menos o vírus circula no ambiente, evitando que aquelas que por algum motivo não podem ser vacinadas sejam contaminadas.

Por isso, quanto mais pessoas se imunizarem, mais fácil será de conter a disseminação do coronavírus. O PNI(Programa Nacional de vacinação) estabeleceu como meta vacinar ao menos 90% da população alvo de cada grupo, uma vez que é de se esperar que uma pequena parcela da população apresente contraindicações à vacinação.

17 – Por que mesmo após tomar a vacina ainda preciso usar máscara?

R: Mesmo com o início da imunização, ainda não é hora de relaxar com as medidas de prevenção. Usar máscara, lavar as mãos e manter o distanciamento social são medidas eficientes e necessárias para evitar a disseminação do vírus. Além disso, ainda faltam muitos meses para que todos sejam vacinados contra a Covid-19, e mesmo quem já recebeu o imunizante ainda pode continuar sendo um agente de transmissão da doença.

18- Como faço para agendar o meu dia sem sair de casa?

R: Só enviar um email com dados da pessoa (RG, CPF, COMPROVANTE ENDEREÇO E TELEFONE) para o email vacinacaocovid19buzios@gmail.com

Comentários do Facebook
FECHAR ACESSIBIILIDADE