Pela primeira vez na história de Búzios uma praia da cidade é aprovada pelo júri Nacional do Programa Bandeira Azul

Nesta quarta-feira (01), o júri Nacional do Programa Bandeira Azul aprovou a candidatura da praia do Forno para receber o selo ecológico do Programa Bandeira Azul. Trata-se de um selo de qualidade ambiental e urbanística conferido a praias que atendem um grupo total de 34 critérios, entre eles, qualidade físico-química e biológica da água do mar, comprovada em 80 análises, requisitos de acessibilidade, levantamento de áreas sensíveis ambientalmente, análise do pertencimento a Unidades de Conservação, planejamento de gestão de tráfego, código de postura na praia, plano de emergência ambiental e ações de educação ambiental, entre outros.

A Prefeitura de Búzios, por meio da Secretaria do Ambiente, Pesca e Urbanismo, em parceria com as secretarias de Obras, Saneamento e Drenagem, de Turismo e de Educação, Ciência e Tecnologia, e com o apoio da Câmara de Vereadores, conseguiu pela primeira vez na história da cidade que uma praia de Búzios, a Praia do Forno, fosse aprovada pelo Júri Nacional do Programa Bandeira Azul.

O secretário da Pasta, Evanildo Nascimento, destacou que foi executado um trabalho extenso, abrangente e pioneiro pela equipe de profissionais técnicos do município, pois, requereu a elaboração de toda a integralidade da documentação pela atual gestão municipal, o que elevou consideravelmente o grau de dificuldade da candidatura, por se tratar de ser a primeira vez: “Essa aprovação do selo ecológico coloca Búzios no patamar ambiental e turístico de primeiro mundo, no sentido de receber turistas, principalmente advindos da Europa e de outros lugares que gostam de visitar praias com Bandeira Azul”.

A Secretaria do Ambiente, Pesca e Urbanismo, em parceria com a Secretaria de Obras, Saneamento e Drenagem, iniciaram nesta quarta-feira (01) a execução da ação de Intervenção Ambiental e Urbanística da Praia do Forno, para contribuir qualitativamente no local.

Neste ano, o júri nacional do Programa Bandeira Azul foi composto por representantes do Ministério do Turismo (MTur), do Instituto Ambientes em Rede (IAR), da Associação Náutica Brasileira (ACATMAR), da Agência Brasileira de Gerenciamento Costeiro, da Fundação SOS Mata Atlântica, da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA), da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (ANAMMA) e da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (ABEMA). Anualmente, as entidades se reúnem para definir as praias, marinas e embarcações de turismo qualificadas ao prêmio e que serão submetidas ao júri internacional.

Os classificados pelo Júri Nacional terão a sua candidatura encaminhada ao júri internacional Bandeira Azul, que se reúne em setembro para a escolha dos contemplados. O resultado final será divulgado em outubro e a cerimônia de entrega das bandeiras acontece em novembro, no início da temporada de verão no hemisfério sul.

Sua Solicitação foi enviada com sucesso!

Sua conta foi criada com sucesso