Búzios dedica o mês de agosto a debater o tema da Inclusão Educacional

Búzios dedica o mês de agosto a debater o tema da Inclusão Educacional

Em sua quinta edição, a Semana Inclusiva promovida pela Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia de Búzios, foi ampliada este ano, passando a ocupar todo o mês de agosto. A ideia que se revelou um sucesso, permitiu o envolvimento de toda a rede de ensino, alcançando a proposta principal da equipe idealizadora, que era falar com o maior número possível de educadores, em todas as disciplinas e áreas.  

Educadores do CAAPE – Centro de Atendimento e Apoio Pedagógico ao Educando de Búzios encontraram na parceria com a equipe do CEPEDE – Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Educação, a chave para levar o tema Inclusão às reuniões de formação continuada dos professores da rede municipal. Esta ação fez com que os trabalhos desenvolvidos durante o mês de agosto, atingissem o objetivo maior de alcançar todos os envolvidos com Educação no município. Equipes de direção, orientação e supervisão, abraçaram a meta da inclusão, que obteve apoio total em todas as unidades escolares.

Para o prefeito Henrique Gomes, o verdadeiro papel da escola pública é a inclusão. Presente no evento de abertura, que marcou o início da Semana da Inclusão, reunindo profissionais da Educação no Cine Teatro Rasa, nesta terça-feira (20), Henrique prometeu se empenhar para oferecer mais estrutura para o setor.

– Educação não é despesa, é investimento, e promover a inclusão é extremamente importante. Já de imediato vou enviar uma van nova para auxiliar no transporte dos estudantes do CAAPE e anuncio que estamos estudando uma forma de em breve termos a sede própria do CAAPE – afirmou o prefeito.

Em seu discurso o secretário Felipe Lopes destacou que quer trabalhar ao lado do professor, conhecendo suas demandas e dificuldades.

– Promover a inclusão, olhar a singularidade de cada um, tudo isso é um desafio. Quero estar ombro a ombro com quem está na escola, cada profissional de educação, ouvir suas demandas, estar próximo, para juntos buscarmos as soluções. Estou aberto a ouvir sempre. Conto com vocês e o futuro de nosso município também conta com o trabalho de vocês – finalizou.

Durante a abertura, o juiz da Comarca de Búzios, Raphael Baldini, falou aos educadores, prestando depoimento sobre sua vida pessoal. Portador de deficiência física no braço direito, o juiz contou que sempre foi incentivado pelos pais a superar as dificuldades de sua condição, mirando em objetivos maiores. Foi campeão brasileiro de triathlon e chegou a juiz sem a necessidade de se valer da cota para deficientes.

Comentários do Facebook
FECHAR ACESSIBIILIDADE