A Vigilância Epidemiológica de Búzios atua na prevenção à Dengue e demais doenças causadas pelo mosquito

A Vigilância Epidemiológica de Búzios atua na prevenção à Dengue e demais doenças causadas pelo mosquito

A mensagem é sempre a mesma. Nada melhor do que a própria população cuidar do seu terreno, casa e quintal, evitando os focos de mosquito. Para a Vigilância Epidemiológica e Ambiental de Búzios, se cada um fizer a sua parte, dedicando dez minutos por semana para eliminar possíveis focos, a cidade avança na prevenção a novos casos de doenças causadas pelo mosquito.

– Quando a população participa, o nosso trabalho amplifica e os resultados aparecem. Contra o mosquito que causa tantas doenças, a parceria do governo com o cidadão é o melhor caminho sempre – explica Celymar, coordenadora da Vigilância em Saúde de Búzios.

A luta contra o Aedes Aegypt é diária e a cada suspeita de caso de dengue, zika ou chikungunya, a Vigilância Epidemiológica realiza o bloqueio de 300 metros quadrados ao redor do local, casa, comércio, área no entorno, tudo.

O bloqueio é feito através da nebulização da área em questão com inseticida que mata apenas os mosquitos, e não oferece riscos à natureza, nem às pessoas e animais. Além deste bloqueio, também existe o trabalho constante dos agentes de controle de endemia, que visitam locais onde nos últimos dez anos foi registrada grande incidência de casos de dengue, zica e chikungunya. Estes agentes percorrem diariamente as casas, identificando e eliminando focos do mosquito, e orientando a população de forma geral.

Comentários do Facebook
FECHAR ACESSIBIILIDADE